ENTRE O ATO DE CONTAR HISTÓRIA E DIGERIR A VIDA E O ASSOMBRO DE SE MANTER HUMANO NUM MUNDO SEM HUMANIDADE

Robson Carlos da Silva. Difícil dizer o que nos assombra mais se as passagens, narradas em tempo presente, das cenas e tramas por meio das quais desenvolve os dramas dos personagens, se as poesias que desnudam suas personalidades ou se os contos que trazem à tona o desespero que os levou a se envolver na…